Uncategorized

The cat in the hat

November 22, 2012
De tempos em tempos sou mordido pelo mosquito da inquietação e fico obcecado por um novo item de moda, do qual nem sabia que precisava (porque geralmente não preciso mesmo), mas cuja necessidade se torna primordial.
A peça da vez é um chapéu de feltro. Com minha viagem a Buenos Aires no fim de ano se aproximando, penso que não haveria melhor aliado contra o sol escaldante que um chapéu de abas largas que me ajudasse a preservar o rosto do sol. Um chapéu seria tão útil e imprescindível para a saúde da minha pele, inclusive (justificativa mental número 1 pra minha compra). 
Pensei em arranjar um chapéu grande, que fizesse bastante sobra, como aqueles modelos dos anos 70 – até mesmo meio “Carmen San Diego”. 
Quem abusou de chapéus com abas gigantescas no verão parisiense (2013), foi Heidi Slimane para a Saint Laurent Paris. O desfile de Slimane foi incrível, na minha humilde opinião. Tinha drama, tinha smoking, tinha uma mulher feminina, elegante, sensual e forte. Não me faltou desejo para ter todos os looks! 
Ou ainda, uma segunda opção seria um chapéu estilo Indiana Jones. Que pode funcionar incrivelmente também.
Enfim, a questão é que preciso urgentemente de um chapéu. Só me recuso a usar fedoras e panamás nesse verão – por mais que o panamá seja clássico e imortal.

You Might Also Like

No Comments

  • Reply cris martins November 23, 2012 at 9:29 am

    Adoreeeei! <3

  • Leave a Reply