Beleza, Diário

Resoluções de beleza para 2016

January 1, 2016

Foi dada a largada para 2016. Mesmo que meu lado cético diga que é mais um dia de um ano novo; simplesmente o efeito cascata dos segundos, minutos e horas acumulados, e nada realmente muda, não resisto o otimismo. Todos temos a necessidade de iniciar e encerrar ciclos, e com os começos e fins vêm a esperança de que tudo pode ser melhor ou continuar

Como a criança nerd que fui, ainda lembro que amava o ano novo com materiais escolares novinhos em folha. Era a a chance de deixar o meu caderno mais lindo e colorido que os anteriores. Ai se tivessem rasuras! Por isso, apesar de não fazer muita questão de vestir branco, investir em simpatias e nem estourar champagne, me importo em guardar um tempo no primeiro dia do ano para planos.

Para mim, é um momento especial de refletir sobre o que pode ser melhorado, pensar em sonhos que podem sair do papel e elaborar estratégias reais para conquistar o que o coração pede. Claro que muita coisa em nossas vidas fogem do nosso controle. E é tudo bem que seja assim. Mudar faz parte das incertezas da vida, nos torna mais fortes em nossa resiliência.

Assim, resolvi fazer a clássica lista de resoluções de ano novo. São decisões de beleza que podem melhorar minha vida.

  1. Remover a maquiagem todas as noites, ao invés de deixar para o último segundo, ficar com preguiça e me jogar na cama. Além de não fazer bem para a pele, o travesseiro fica todo manchado;
  2. Ir mais frequentemente ao dermatologista. Sempre fico preso no trabalho e acabo postergando minhas idas ao médico para ter um diagnóstico preciso da pele e conseguir dicas mais pessoais de como ter uma rotina de beleza mais eficiente;
  3. Reaplicar o protetor solar ao longo do dia. Todas as manhãs me protejo do sol com FPS, no mínimo, 30. Mas tendo em vista que os produtos têm efeito de apenas 2 horas, ao sair para o almoço sempre é necessário reaplicar. Coisa que nunca faço. Porém, para não esfregar o protetor sobre o pó, o blush, o bronzer, a base e o corretivo, fazendo a maior lambrança, talvez seja mais esperto usar um pó com proteção;
  4. Comprar mais maquiagem com FPS. Proteger o rosto (mas não só ele) é bom. Previne queimaduras e outras lesões, além de evitar o envelhecimento precoce. Por isso, quero abdicar das makes sem fator de proteção UV. Por mais sequinha que uma base possa ser, se ela não tiver um FPSzinho se quer, não cairei em tentação;
  5. Usar anti-idade, pelo menos, todas as noites. Como consequência da minha rebeldia na resolução 1, é claro que não passava antirrugas antes de ir para a cama. Mas isso vai mudar a partir de hoje. Apesar de sempre ter sido o louco do anti-aging, uns dias ou outros acabavam escapando…;
  6. Não fazer mais contorno com bronzer alaranjado. Depois de ver algumas fotos percebi que meu tom de contour estava errado (apesar de bem executado). Ele deveria ser mais acinzentado para simular melhor uma sombra do rosto – das coisas que aprendemos só por tentativa e erro;
  7. Não comprar mais do que preciso. Não quero mais ver nada perdendo o prazo de validade na minha gaveta. É dinheiro jogado fora e recursos desperdiçados;
  8. Não gastar muita grana em produtinhos. Preciso adquirir uma nova consciência econômica, saber poupar e investir melhor. Guardar o dinheiro que gastaria com coisas desnecessárias vai me possibilitar fazer um curso de maquiagem profissional que quero. Simples

You Might Also Like

No Comments

Leave a Reply