Beleza

Esponja de silicone Silisponge testada

May 9, 2017

Ela virou febre entre bloggers do mundo todo e ganhou atenção de revistas especializadas, como Allure e Teen Vogue. De fato, a esponja de silicone, usada na aplicação de base, é inovadora e tem uma promessa que faz o olho brilhar: pele perfeita com zero desperdício de produto. O material não absorve nada, diferente do que acontece quando a gente usa o pincel ou a esponja comum, tipo Beauty Blender.

Fiquei supercurioso pra saber se a marca, Molly Cosmetics, conseguiria entregar o que dizia pelos 4 cantos do Instagram. Afinal, os números de vendas logo de cara foram impressionantes. Lotes e lotes esgotados e com espera de 1 mês pra conseguir comprar. Encomendei minha Silisponge pelo site oficial. O produto é baratex, coisa de 9 dólares e sem frete. O problema, como tudo que vem da China, é o tempo de entrega.

Quando ela chegou fiquei empolgado. O formato é interessante, com as pontas anguladas pra se encaixar em áreas menores do rosto. A textura é macia e fofinha, parece até aqueles silicones de enchimento de sutiã. Na hora de testar, usei uma base de média cobertura.

O jeito de pegar é um pouco estranho no começo, mas nada incômodo. A Silisponge não absorve nadica, o que no começo dá a impressão do produto ficar dançando sobre o rosto. Por isso, use beeem pouca base e vá acrescentando conforme precisar de mais cobertura.

Tive um pouco de dificuldade pra fazer o contorno dos olhos porque apesar de angulada, a ponta da esponja não é tão fina. Nada que o dedo não resolva também. Mas já lançaram uma nova versão com cantos menores. Também senti que pra esfumar a base, fazendo ela desaparecer na pele, precisa ter um pouco mais de paciência. A aderência do silicone no rosto não é tão grande, então parece que demora mais até o produto ser absorvido. A recomendação da marca é começar a aplicação em movimentos circulares pra depois, na hora do acabamento, ir de batidinhas. Isso faz diferença porque só assim dá pra conseguir espalhar e finalizar bem.

Pra fazer o tira-teima, fiz a lista de pros e contras abaixo:

PROS

1 – Economia: pro rosto todo, usei um pump e meio de base. Normalmente, uso duas medidas generosas.

2 – Praticidade pra limpar: na hora de lavar é só colocar debaixo da torneira e passar um detergente neutro. Bem mais fácil que ficar espremendo a esponja comum ou esfregando as cerdas do pincel.

CONTRAS

1 – Não esfuma nem faz polimento: o acabamento é com batidinhas mesmo, não adianta tentar esfumar a base ou polir fazendo outros tipos de movimento.

2 – Baixa aderência com a pele: a Silisponge é bem lisa, a contrário da Beauty Blender que é toda porosa. Ou bem diferente das cerdas dos pinceis de maquiagem. Assim, a base leva mais tempo pra ser absorvida pela pele.

3 – Cantinhos difíceis de alcançar: detalhes do rosto como abas do nariz e contorno dos olhos ficam mais complicados de acertar com a esponja de silicone. Apesar da ponta angulada, ela não é tão fina pra chegar até essas áreas do rosto. Nada que uma ajudinha do dedo não resolva em 3 segundos.

Conclusão – De maneira geral, achei o produto bom. Ele exige um tempo de adaptação, que vai desde se acostumar com o jeito de pegar a esponja até ter o hábito de espalhar a base com movimentos circulares e depois ir de batidinhas. Mas acho que se você estiver disposto a treinar sua habilidade vale a pena, sim. Gosto do zero desperdício e da facilidade pra limpar. Confesso que só de me lembrar das outras esponjas encardidas na minha bancada fico arrepiado e preguiçoso.

You Might Also Like

No Comments

Leave a Reply