Sobre

 

 

 

Oi,

Como talvez você já tenha percebido, meu nome é Guilherme Takahashi. Sou jornalista, ilustrador e ex-advogado, com direito a OAB e MBA em moda. Pode parecer confuso, mas na minha cabeça geminiana tudo isso faz o maior sentido.

Comecei a desenhar quando ainda criança. Acho que o intuito naquela época era impressionar a minha mãe em troca de elogios. Logo então fui apresentado por um primo mais velho ao universo dos quadrinhos da Marvel Comics, mais especificamente, dos mutantes X-Men. Eu que nunca fui de jogar bola e não via a menor graça em carrinhos, passava horas tentando copiar os traços de Jim Lee e Scott Campbell. Até o dia em que não foi só a minha mãe que elogiou.

Depois, durante a adolescência, descobri meu interesse por moda. Tudo culpa dos desfiles insanos de John Galliano, que na época comandava a Dior.  Aquele mundo mágico em que a criatividade não tinha limites e você podia ser quem quisesse, me fisgou. Pra mim, portanto, o fashion sempre teve mais a ver com autoexpressão, autoconhecimento, individualização, sociologia e psicologia. Basta ver a toilette  de Balzac ou Baudelaire, o consumo de Bauman, ou o efêmero de Lipovetsky.

Apesar da minha paixão e dos meus cursos de corte e costura às escondidas, a vida me levou à faculdade de direito. Depois de ter o canudo nas mãos, decidi me dedicar ao que me dava prazer. Fiz a especialização em moda e comecei a trabalhar simultaneamente com produção (de moda) e jornalismo (de moda). Porém, escrever acabou falando mais alto e me dando uma voz mais eloquente do que a que sempre tive.

Passados alguns cursos mais à frente, comecei a trabalhar com beleza. Sempre gostei de maquiagem, só que nunca anotei na minha caderneta de planos e sonhos me envolver com essa indústria. Mas existem presentes que vêm sem a gente nem pedir. E por isso, maquiagem, cabelo e pele são assuntos que ganharam meu coração.

Assim, decidi criar o Garotos de Saia como um lugar seguro para extravasar minhas experiências como espectador, consumidor e participante do mundo. Aqui, talvez eu consiga me comunicar com outros meninos que também não se sentem formatados dentro dos moldes de uma sociedade machista e binária (no quesito gênero). Além disso, é um canto virtual onde posso exercitar minhas palavras escritas, ilustradas, fotografadas e filmadas para que as sinapses não sejam interrompidas pela preguiça, que sempre me é tentadora.

Enfim, espero que você curta o blog o tanto quanto eu gosto de fazê-lo. Por isso, seja bem-vindo e have fun!

Bjs,

-Gui

No Comments

Leave a Reply